In rare occasions, you might have to perform a file system check to repair a broken Persistent Storage.

Desbloqueie o Armazenamento Persistente.

  1. When starting Tails, keep the Persistent Storage locked and set up an administration password.

  2. Escolha Aplicativos ▸ Ferramentas ▸ Discos para abrir GNOME Discos.

  3. No painel esquerdo, clique no dispositivo que correspondente ao seu dispositivo Tails USB.

  4. No painel direito, clique na partição rotulada como TailsData LUKS.

  5. Clique em Desbloquear para desbloquear o Armazenamento Persistente. Insira a senha do Armazenamento Persistente e clique em Desbloquear de novo.

  6. Na caixa de diálogo de confirmação, digite sua senha de administrador e clique em TailsData Ext4 partição que aparece abaixo do TailsData LUKS partition.

  7. Identifique o nome do dispositivo com seu Armazenamento Persistente. O nome do dispositivo aparece em baixo da lista de Volumes. Deve parecer como /dev/mapper/luks-xxxxxxxx.

    Aperte três vezes para seleciona-lo e aperte Ctrl+C para copiar para a area de transferencia.

Verifique o sistema de arquivos usando a linha de comando.

  1. Choose Applications ▸ System Tools ▸ Root Terminal and enter your administration password to open a root terminal.

  2. Na linha de comando, execute o seguinte comando, substituindo [device] com o nome do dispositivo encontrado na etapa 8:

     fsck -y [device]
    

Para fazer isso, você pode digitar fsck -y  e pressionar Shift+Ctrl+V para passar o nome do dispositivo para a área de transferência.

  1. Se o sistema de arquivos estiver sem erros, a última linha da saída defsck iniciará com TailsData: limpo.

Se o sistema tiver erros, fsck tentará corrigi-los automaticamente. Apos o termino, voce pode tentar executar o mesmo comando novamente para ver se todos os erros foram resolvidos.