Nesta documentação, usamos o termo bug para nos referir a um erro de software.

Relatar bugs é uma ótima forma de nos ajudar a melhorar o Tails.

Lembre-se que quanto mais você se esmerar ao reportar um bug, maior é a chance de que nós o consertemos.

Verificando se o bug já é conhecido

Dê uma olhada nas seguintes páginas:

Como relatar um bug de maneira eficaz

  • O principal objetivo ao relatar um bug é explicar aos desenvolvedores exatamente como reproduzir a falha, então tente reproduzir você mesmo o problema e descreva como você fez isso.
  • Se isso não for possível, tente descrever em detalhes o que deu errado. Copie as mensagens de erro, especialmente se elas contiverem números.
  • Escreva de forma clara e precisa. Explique o que você está querendo dizer e certifique-se de que não há como ser mal interpretado.
  • Esteja pronto para fornecer mais informações caso os desenvolvedores peçam. Se eles não precisassem, não estariam pedindo.

Você também pode consultar a ótima referência Como Relatar Bugs De Maneira Eficaz, de Simon Tatham.

Use o WhisperBack

WhisperBack é um programa escrito especificamente para relatar bugs de forma anônima a partir do Tails. Se você não puder usar o WhisperBack, veja os casos especiais.

WhisperBack te ajudará a preencher um relatório de bug, com a inclusão dos detalhes técnicos relevantes, e a enviá-lo para nós de forma criptografada através da rede Tor.

Inicie o WhisperBack

Para iniciar o WhisperBack, selecione Aplicativos ▸ Ferramentas de sistema ▸ WhisperBack Error Reporting.

Escreva o relatório

WhisperBack permite que você inclua muita informação útil sobre seu bug:

  • Resumo um resumo do bug, tente mantê-lo curto, claro e informativo
  • Nome do programa afetado
  • Passos exatos para reprodução do erro
  • Resultado obtido e descrição do erro
  • Resultado esperado

Você também pode dar uma olhada nos detalhes técnicos a incluir em seu relatório de bug. Isto nos dará informações sobre seu hardware, sua versão do Tails e o processo de inicialização.

Faça uma captura de tela

Pode ser útil incluir uma captura de tela em seu relatório de bug.

  • Para fazer uma captura de tela contendo toda a área de trabalho, pressione a tecla Print Screen.
  • Para fazer uma captura de tela contendo apenas uma janela, pressione Alt + Print Screen.
  • Para fazer uma captura de tela contendo uma área selecionada, pressione Shift + Print Screen.

A captura de tela será automaticamente salva na pasta Imagens, localizada na sua pasta chamada Pasta pessoal. O arquivo começará com as palavras Captura de tela

Você também pode fazer uma captura de tela usando o aplicativo GNOME Screenshot

Para iniciar o GNOME Screenshot, selecione Aplicativos ▸ Utilitários ▸ Captura de tela.

Você pode fazer upload de uma captura de tela para um serviço Up1 criptografado, como o que está disponíveis em:

https://share.riseup.net/

Não esqueça de incluir um link para a captura de tela no seu relatório de bug.

Endereço de email opcional

Fornecer um endereço de email permite que te contatemos para esclarecer o problema. Isso é necessário para a grande maioria dos relatórios que recebemos, então a maioria dos relatórios sem nenhuma informação de contato são inúteis. Mas saiba que isso também dá uma oportunidade para bisbilhoteiros, tais como o seu provedor de Internet ou de email, confirmarem que você está usando Tails.

Chave OpenPGP opcional

Você também pode indicar uma chave OpenPGP correspondente a este endereço de email. Para isso, você pode fornecer um dos seguintes:

  • um ID de chave, caso a chave esteja disponível em servidores públicos
  • um link para a chave, caso a chave esteja disponível na web
  • um bloco de chave pública, caso a chave não esteja disponível publicamente

Envie seu relatório

Uma vez que você tenha terminado de escrever o relatório, envie-o clicando no botão Enviar.

Se o email tiver sido enviado corretamente, você receberá a seguinte notificação: Sua mensagem foi enviada.

Caso você não possa usar o WhisperBack

Pode ser que em alguns casos você não tenha como utilizar o WhisperBack. Nestes casos, você também pode enviar seu relatório de bug por email diretamente.

Note que, caso você faça o envio do relatório por sua conta, talvez ele não seja anônimo, a não ser que você tome cuidados especiais (por exemplo, usar o Tor e uma conta de email descartável).

Sem acesso à Internet

Caso você não consiga conectar à Internet no Tails, você pode tentar seguir nossas instruções para resolução de problemas de Wi-Fi para consertar sua conexão à Internet.

O WhisperBack não conseguirá enviar seu relatório de bug se você não tiver conexão com a Internet.

Os seguintes passos podem ser utilizados como método alternativo para envio do seu relatório de bug:

  1. No Tails, inicie o WhisperBack
  2. Na janela de relatório de bug, expanda "detalhes técnicos a incluir"
  3. Copie tudo que estiver na caixa "informações de depuração"
  4. Cole o conteúdo em um outro documento (usando o Editor de texto, por exemplo)
  5. Salve o documento em um pendrive USB
  6. Reinicie em um sistema com conexão à Internet e envie seu relatório

Tails não inicia

Para instruções de solução de problemas caso o Tails falhe em iniciar, consulte as nossas instruções de instalação:

Reproduzindo o bug no Debian (para usuários avançados)

É muito útil para nós saber se o bug afeta apenas o Tails ou se também afeta o Debian, no qual o Tails é baseado.

Fazer isso toma muito mais tempo então, na dúvida, relate seu bug da forma instruída anteriormente e aguarde ajuda da nossa equipe de suporte.

  • Se o seu bug afeta o Debian estável, então deverá ser corrigido diretamente no Debian e não no Tails.

  • Se o seu bug afeta o Debian estável mas não afeta o Debian testing, então talvez ele já tenha sido corrigido no Debian.

Debian também distribui imagens (Debian live) que você pode instalar em um pendrive USB usando o mesmo procedimento usado para instalar Tails.

Debian estável

Imagens para a versão estável do Debian, na qual o Tails é baseado, estão disponíveis em:

https://cdimage.debian.org/images/unofficial/non-free/images-including-firmware/current-live/amd64/iso-hybrid/

Baixe a imagem gnome+nonfree.iso para ter a interface gráfica GNOME e todos os firmwares não livres para melhor compatibilidade de hardware.

Debian testing

Imagens para a versão de testes do Debian estão disponíveis em:

https://get.debian.org/cdimage/unofficial/non-free/cd-including-firmware/weekly-live-builds/amd64/iso-hybrid/

Baixe a imagem gnome+nonfree.iso para ter a interface gráfica GNOME e todos os firmwares não livres para melhor compatibilidade de hardware.