Tudo que você faz na internet a partir do Tails passa pela rede Tor.

Tor criptografa e anonimiza suas conexões ao passá-las por 3 "relays" (servidores de repetição) aleatórios diferentes. Os relays do Tor são servidores operados por diferentes pessoas e organizações em todo o mundo.

Uma conexão Tor passa por 3 retransmissores com o ultimo deles estabelecendo a verdadeira conexão com a destinação final

Você não poderá acessar a internet a partir do Tails até que a conexão com a rede Tor esteja estabelecida. Por exemplo, o Navegador Tor mostra a seguinte mensagem de erro Proxy servers refusing connections até que a conexão com a rede Tor esteja estabelecida.

Pelo fato do Tor passar seu trafego de internet por 3 retransmissores antes de atingir sua destinação, a sua conexão é mais lenta do que quando você não está utilizando Tor.

Veja nossa documentação em [porque o Tor é lento |doc/anonymous_internet/tor/slow]].

Para se conectar à rede Tor:

  1. Conecte-se a uma rede local, cabeada, Wi-Fi, ou móvel.

  2. O assistente de Conexão Tor aparece para te ajudar com a conexão à rede Tor.

  3. Escolha se você quer:

    • Conectar à rede Tor automaticamente

    • Esconder da sua rede local que você está conectado à rede Tor

    As implicações de ambos os métodos estão detalhadas abaixo.

Retransmissores (relays) e pontes (bridges) da rede Tor

-Relays públicos do Tor

Na maior parte do tempo, sua rede local não bloqueia o acesso à rede Tor e você pode usar um relé público como seu primeiro relé do Tor.

Ao usar um relay público para entrar na rede Tor, qualquer análise simples do tráfego de dados na sua rede local permite concluir que você está se conectando à rede Tor, mas sua atividade online se manterá segura e anônima.

  • Pontes Tor

    Pontes Tor são retransmissores secretos do Tor usados para esconder a sua conexão à rede Tor.

    Use uma ponte como seu primeiro retransmissor caso existam na sua rede bloqueios para conexão à rede Tor, ou então caso o mero uso da rede Tor possa levantar suspeitas para alguém que esteja monitorando sua conexão à Internet.

    A tecnologia usada pelas pontes Tor é feita para driblar a censura em lugares onde conexões à rede Tor são bloqueadas, como por exemplo em alguns países que praticam censura pesada, em algumas redes públicas, ou em redes com alguns tipos de controle parental.

    Isso é feito camuflando sua conexão para que ela não seja reconhecida como uma conexão à rede Tor. Por isso, essa mesma tecnologia pode ser usada para esconder o fato de que você está usando Tor, caso isso possa parecer suspeito para alguém que monitore sua conexão a internet.

    Pontes Tor são menos confiáveis e mais lentas que relays públicos do Tor.

Conectando automaticamente à rede Tor

Recomendamos a conexão automática à rede Tor se você estiver em uma rede Wi-Fi pública ou se varias pessoas no seu país usam Tor para driblar a censura.

Quando você escolhe essa opção, o Tails tenta de diferentes maneiras se conectar à rede Tor até que tenha sucesso:

  1. Tails tenta se conectar à rede Tor diretamente usando relays públicos, sem usar uma ponte.

  2. Tails tenta se conectar ao Tor usando uma das pontes padrões, já inclusas no Tails, caso se conectar usando retransmissores públicos falhe.

  3. Tails pede para que você configure uma ponte customizada, caso o uso de pontes padrões falhe.

Alguém que esteja monitorando sua conexão à Internet poderia identificar que essas tentativas estão vindo de um usuário do Tails.

No futuro, Tails também irá automaticamente:

  • Detectar se você precisa se logar na rede local usando um portal cativo (#5785)

Escondendo da sua rede local que você está conectado à rede Tor

Você talvez precise passar despercebida caso o uso do Tor possa parecer suspeito para alguém monitorando sua conexão à internet.

Ao escolher essa opção, Tails irá apenas se conectar ao Tor após você configurar uma ponte Tor. Pontes são retransmissores Tor secretos que não mostram que você está usando Tor.

É impossível esconder dos sites que você visita o fato de que você está usando Tor, pois a lista de nós de saída da rede Tor é pública.

Nosso time está fazendo o possível para te ajudar a conectar à rede Tor usando os tipos mais discretos de pontes. Por isso, quando você decide esconder que está se conectando à rede Tor:

  • Pontes padrão não estão disponíveis.

    Você deverá saber o endereço de uma ponte customizada.

    Para pedir uma ponte customizada, você pode:

    1. Pedir uma ponte em https://bridges.torproject.org/.

      Recomendamos que você faça isso antes de iniciar o Tails, idealmente a partir de uma rede local diferente da que você deseja esconder o fato que está usando Tor.

    2. Envie um email vazio para bridges@torproject.org a partir de um endereço de email do Gmail ou do Riseup.

      Você pode mandar um e-mail à partir do seu celular e digitar a ponte no Tails, por exemplo.

      Enviando o e-mail, você mostra para o Gmail ou para o Riseup que você está tentando se conectar ao Tor, mas isso não é mostrado para alguém monitorando sua conexão de internet.

      Mesmo alguém que sabe a sua ponte não pode saber o que você está fazendo online à partir do Tails.

  • Você pode usar apenas os tipos de ponte que o nosso time considera suficientemente discretas.

    No Tails, atualmente apenas pontes obfs4 escondem o fato que você está usando Tor.

Para salvar a ultima ponte Tor que se conectou ao Tor com êxito, ative o recurso de pontes Tor do armazenamento persistente.

No futuro, tornaremos mais fácil a utilização de pontes customizadas:

Vendo o estado do Tor

O estado do Tor aparece como um ícone de cebola na área de notificações:

  • Onion icon Você se conectou ao Tor.

  • Onion icon that is crossed
out Você não se conectou ao Tor.

Corrigindo problemas ao se conectar ao Tor